NOTAS TÉCNICOS MILHO: BIOESTIMULANTES NO MILHO 2

Nos últimos tempos vemos que se estão a aplicar novas tecnologias e tratamentos à semente do milho para tentar ajudar o agricultor a conseguir melhores resultados e proporcionar uma segurança adicional no cultivo.

Os bioestimulantes que permanecem na planta durante todo o seu ciclo têm o objetivo de aumentar a rentabilidade. Em muitos casos as diferenças à simples vista quase não se detetam: mais raízes secundárias, mais saúde, maçarocas melhor rematadas ou com alguma fila mais, mas estas pequenas diferenças marcam esse aumento de rendimento.

Que efeitos provocam os bioestimulantes nos cultivos?

Sobre a melhor genética da LG, e graças a um inovador sistema de aplicação uniforme, cobre-se a semente com estes dois compostos, que agem em sinergia e ajudam a planta em todo o seu ciclo de vida:

  • AgRHO® GSB30: aumenta a quantidade de raízes da planta. Este bioestimulante modifica o ambiente físico da planta depois de ter sido semeada. Isto obriga a jovem planta a modificar o seu metabolismo, melhorando o volume das raízes primárias e a densidade das secundárias.
  • RiseTM P: melhora a capacidade de absorção de nutrientes. É um bioestimulante que age em simbiose com as raízes da planta, solubilizando o fósforo bloqueado e estimulando o seu crescimento. Rise P também é um escudo protetor para as raízes e é o criador da hormona de crescimento (auxina e giberelina).

Quer saber mais?

Nestas Notas Técnicas, você pode expandir as informações e encontrar outros tópicos de interesse, como:

  • Análise comparativa
  • Números de desempenho
  • Variedades do nosso catálogo com Starcover

Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários